Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

  fale conosco webmail twitterfacebook        

 

Grupo Interdisplinar de Pesquisa em Filosofia e Ciências Humanas (GIP-FCH)

Por Afonso Campos, um dos pesquisadores do GIP-FCH

Em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional 2009-2013 do IFBA, que aponta para a ampliação da ação institucional e seu desenvolvimento, de forma a tornar-se a Instituição Pública de ensino, extensão e pesquisa de referência no Estado da Bahia, no Brasil e internacionalmente, o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Filosofia e Ciências Humanas (GIP-FCH) terá como atribuições comuns, a articulação da relação ensino, pesquisa e extensão, dentro da estrutura curricular, a partir das especificidades da Filosofia e das Ciências Humanas; a realização e apoio de eventos culturais e científicos pertinentes aos seus objetivos; a organização das pesquisas do GIP-FCH (pesquisa individual, monografias, dissertações, teses, artigos, publicações, etc.) canalizando-as às linhas de pesquisa do Núcleo; a promoção e apoio à publicação e divulgação da produção científica realizada pelo GIP-FCH; bem como, o estabelecimento de intercâmbio de conhecimentos com instituições públicas e/ou privadas.

Vale lembrar que a participação no Grupo é aberta a docentes, técnicos - administrativos e estudantes que tenham interesse em desenvolver pesquisa e extensão no campo da filosofia e das ciências humanas.

Pesquisadores envolvidos no GIP-FCH

Ademir Sousa Santos

Adílson Menezes da Paz

Afonso Henrique Magalhães de Campos

Ariomar da Luz Oliveira

Bruno de Oliveira Moreira

Marcelo Santana Silva

Márcio Emanoel Dantas Estevam

Odete Uzêda da Cruz

Soraia dos Santos Brito

Tânia Maria Dantas Flores

Telma Brito Rocha

Estudantes envolvidos

Diego Souza Matias Matos

Jackeline Barbosa Moreira

Lílian Silva Santos

Silvelane Lima de Queiroz Pereira

Dúvidas Frequentes

Perguntas e Respostas Frequentes de alunos sobre bolsas de Pesquisa:

1. Como um aluno pode concorrer a uma Bolsa do PIBIC, PIBITI etc.?

O estudante de graduação do ensino superior (PIBIC) ou ensino médio profissionalizante (PIBIC EM ou Jr.) deve procurar um orientador/pesquisador, com titulação de doutorado/mestrado, e discutir com ele um Plano de Trabalho. Quem solicita a bolsa é o orientador, obedecendo aos prazos e requisitos do edital publicado anualmente pelo IFBA.


2. Bolsista tem direito a férias?

Não, pois a bolsa não é regida pela CLT, não havendo portanto, vínculo de trabalho com o CNPq ou com a instituição onde estuda.


3. Quais as obrigações do bolsista?

- Estar regularmente matriculado em curso na instituição;

- Não ter remuneração proveniente de vínculo empregatício ou funcional concomitante à bolsa do CNPq, dedicando-se integralmente às atividades acadêmicas e de pesquisa. Os estágios obrigatórios, que fazem parte da grade curricular do curso de formação do estudante, poderão ser realizados pelos bolsistas, desde que com o aval do orientador;

- Ser selecionado e indicado pelo orientador;

- Apresentar no seminário anual sua produção científica sob a forma de pôsteres, comunicação oral, resumos e/ou painéis;

- Nas publicações e trabalhos apresentados fazer referência a sua condição de bolsista do CNPq;

- Estar recebendo apenas esta modalidade de bolsa, sendo vedada a acumulação desta com bolsas de outros Programas do CNPq ou com bolsas de outras instituições;

- Devolver ao CNPq, em valores atualizados, a(s) mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os requisitos e compromissos estabelecidos não sejam cumpridos.

Informes

PRPGI solicita a confirmação dos servidores pesquisadores e estudantes com trabalhos aprovados no CONNEPI 2014

I - Para os estudantes:

1. Entrega à Coordenação/Diretoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do campus os dados necessários para o depósito do auxílio estudantil. Para tanto, os estudantes devem dirigir-se à Coordenação/Diretoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do campus até o dia 02/10 às 14h a fim de prestar as informações necessárias, munidos das cartas de aceite (enviadas por e-mail pela Comissão Organizadora do Connepi).

2. Apenas os estudantes que tiveram seus trabalhos aprovados poderão apresentar seus dados para preenchimento da planilha que será enviada à PRPGI pela  Coordenação/Diretoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do campus até às 19h do dia 02/10.

3. Poderão ser atendidos os estudantes autores apresentadores do trabalho aprovado, até preenchimento da cota do IFBA.

4. Será divulgada pela PRPGI a lista final dos estudantes que farão parte da delegação.
 
II - Para os servidores pesquisadores

1. Envio do formulário FUNPED (disponível em http://www.prpgi.ifba.edu.br/prpgi/pesquisa/apoio-ao-pesquisador-funped/) devidamente preenchido e assinado até dia 13/10. O formulário deve ser, preferencialmente, acompanhado da carta de aceite do trabalho (enviadas por e-mail pela Comissão Organizadora do Connepi).

2. Poderão ser atendidos os autores apresentadores do trabalho aprovado. O atendimento fica sujeito à disponibilidade de recursos da PRPGI, de acordo com o planejamento para esta ação.

 

Pesquisadores podem participar da seleção e financiamento de projetos de pesquisa pela Setec/CNPq

Pesquisadores do IFBA podem participar da seleção e financiamento de projetos de pesquisa que contribuam para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação, a partir da chamada pública CNPq-SETEC/MEC N º 17/2014. As inscrições podem ser feitas até 23 de outubro.

As propostas selecionadas terão 24 meses de duração e o investimento global é de R$ 40 milhões, distribuídos em parcelas em 2014, 2015 e 2016. A iniciativa, que envolve o Ministério da Educação (MEC), com a atuação da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), integra a política de inovação e educação tecnológica da rede federal para o fomento da formação de recursos humanos qualificados.

Clique para obter mais informações.

 

CNPq: Censo 2014 de Grupos de Pesquisa

O Censo 2014 do Diretório dos Grupos de Pesquisa, para atualização de dados e inclusão de novos grupos, se estenderá até 10/12/2014 de dezembro próximo. Participarão do Censo os grupos certificados pelos Dirigentes Institucionais de Pesquisa. Grupos certificados que estejam na situação “não-atualizado” ou “em preenchimento” não participam do censo.

Além da revisão dos dados de grupo, é extremamente importante a atualização dos Currículos Lattes de todos os pesquisadores, estudantes e técnicos participantes, pois deles são extraídos dados da formação acadêmica e da produção CT&A, além de outras informações.

Para maiores informações, clique aqui!

 

Projeto Aprovado Parceria GIA- Campus Santo Amaro e UEFS

O Grupo de Informática Aplicada (GIA) - Campus Santo Amaro acaba de aprovar um projeto em parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana para desenvolvimento de aplicativo móvel para smartphones com foco na Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016.

Este projeto foi aprovado no edital Forma Engenharia do CNPq e Vale do Rio Doce. Este projeto é um oportunidade para estreitar parcerias, promover o intercâmbio de saberes com mais uma importante Universidade do cenário baiano. O projeto conta ainda com bolsas para estudantes

Participantes do projeto: Renato Novais (Prof. IFBA), João Rocha (Prof. UEFS), Herbert Monteiro (Prof. IFBA), Thiago Souto (Prof. IFBA), Jorge Leite (Prof. IFBA), um aluno graduação (UEFS), dois alunos integrado em TI (IFBA).

Documentos

Regulamentação e Portaria de nomeação do Coordenador de Pesquisa;
 

 


Relação dos grupos de pesquisa e seus respectivos projetos: clique aqui.

 

Projetos realizados no campus, clique aqui.

 

Relação dos alunos (bolsas vigentes) contemplados em bolsas de pesquisa:

  1. Amanda de Carvalho Santos Menezes
  2. Ana Paula Santos Vasconcelos
  3. Andreia Pinheiro dos Santos Silva
  4. Dennis Coutinho Barbosa
  5. Jesane Gomes Rocha Ferreira
  6. Lívia Eduarda Oliveira Araújo
  7. Yasmin de Carvalho Conceição
  8. Yasmin Santos Lopes

 

Portfólio dos principais eventos, cursos e atividades de pesquisa:

  • Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (anual): A SNCT é desenvolvida há nove anos no IFBA Campus Santo Amaro com a participação de estudantes das diversas modalidades de ensino do Instituto. Nela, são realizadas ações de popularização da ciência e da tecnologia através da integração da instituição com a comunidade. É um evento regional abrangendo toda região atendida pelo IFBA/ Campus Santo Amaro e Recôncavo, que inclui o município de Santo Amaro, seus distritos, além dos municípios de Candeias, Amélia Rodrigues, Cachoeira, São Felix, Muritiba, São Francisco do Conde, Terra Nova e regiões circunvizinhas. Somente com o IFBA e as seis escolas parceiras do PIBID/CAPES

 

  • Seminário da Licenciatura em Computação (anual): SELIC - SEMINÁRIO EM LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO é um evento anual, realizado pelo curso de Licenciatura em Computação, do campus Santo Amaro , do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia. Tal evento foi idealizado na Área de Filosofia e Ciências Humanas, e tem como finalidade principal discutir a formação de professores de informática para a Educação Básica.

 

  • Seminário de Pesquisa do Campus Santo Amaro (semestral): O objetivo do seminário de Pesquisa  é socializar, refletir e incentivar os projetos de pesquisa desenvolvidos no campus por pesquisadores e bolsistas de projetos. O evento é aberto ao público em geral, portanto todos os servidores e estudantes também participam, seja como ouvintes, ou apresentando para a comunidade os resultados das pesquisas e  realizados durante o ano.

Projetos

Projetos de pesquisa realizados no Campus Santo Amaro: clique aqui.

 

 

Grupos de Pesquisa

Grupo de Informática Aplicada (GIA)

Grupo Interdisplinar de Pesquisa em Filosofia e Ciências Humanas (GIP-FCH)

Apresentação

O Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Bahia campus de Santo Amaro vem realizando e promovendo pesquisa em diversas áreas.  As atividades de pesquisa têm como objetivo formar recursos humanos para a investigação, a produção, o empreendedorismo e a difusão de conhecimentos culturais, artísticos, científicos e tecnológicos, sendo desenvolvidas em articulação com o ensino e a extensão, ao longo de toda a formação profissional.


No campus, os alunos podem realizar pesquisas com o auxílio de bolsas oferecidas pelas agências de fomento, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), ou pelo próprio IFBA.


Atualmente o IFBA trabalha com quatro programas: o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Para o Ensino Médio – modalidade Integrada e Subsequente (PIBIC – Jr. E PIBIC-EM/CNPq), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/IFBA/FAPESB/CNPQ, o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/CNPq) e o Programa de Voluntário de Iniciação Científica (PVIC/IFBA).

Coordenador: Francisco José da Silva Borges de Santana
Telefone: (75) 3241-0845
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A REDE


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia - Campus Santo Amaro
Travessa São José, s/nº, Bomfim, Santo Amaro, BA. CEP:44.200-000 // (75) 3241-0845 // diretoria-samaro@ifba.edu.br
xxx porn xxx xxxxx